Começando a escrever a historia do meu milagrinho, Sophia

Em um dia de julho de 2007, eu acordei com a sensação de que estava gravida de novo, eu que já tinha um filhinho de dois anos, senti uma alegria muito grande em pensar estar gravida, era realmente uma loucura pois exames médicos afirmavam que meu esposo, era estéril, passados alguns dias, no final do mês de agosto mais precisamente no dia 25 de agosto, pelo atraso menstrual resolvi comprar um teste de farmácia e confirmar minha suspeita, então era confirmado, estava grávida, fiquei muito feliz pois era um milagre...


Fiquei um pouco preocupada com o Victor meu filhinho mais velho que também é um milagre, fiquei preocupada com seu emocional pois era muito pequeno e tinha medo que sofresse
Entâo se seguiram os procedimentos normais marquei uma consulta comecei meu pré-natal
Nestet tempo moravamos num apartamento, e isso me cansava muito não tinha elevadores, eu subia quatro andares de escada,en~tão comecei a procurar por uma casa ...
No dia sete de setembro, meu irmão Marcelo nos convidou para irmos à sua casa num churrasquinho, nesta noite ao voltar para casa depois de subir todas as escadas, eu sentia colicas, então ao ir ao banheiro percebi um sangramento, meu esposo eu e meu filhinho corremos para o hospital, ao ser atendida o medico disse que estava tudo bem com o bebê, mas que eu tinha que tomar um hormônio,e outros remédios para segurar o bebê
Foi um susto muito grande...
Mas graças á Deus, o bebê estava bem!
em fim encontramos uma casa, e iamos nos mudar eu estava de repouso, por causa do bebê, não podia fazer muita coisa, nos mudamos no dia quinze de setembro, feriado , dia de Nossa Senhora das Dores , o Victor adorou a casa, tinha liberdade...
Nesta época comecei entâo a sentir que o bebê nâo estava muito bem , mas os exames diziam que estava bem, eu pensava que era outro menino, ate que um dia sonhei com uma menininha loirinha de olhos azuis
Fizemos um ultrassom e o médico disse que era quase certo que era uma menininha, fiquei feliz, mas as vezes não conseguia acreditar que seria mãe de uma menina
Então tudo transcorreu normalmente, a barriga crescia, eu passava muito mal, tinha nauseas constantemente, minha pressão caía todo dia, tive uma dor de cabeça incontrolável, então a médica suspendeu o uso do hormônio, depois foi a otite, muito severa, eu chorava de dor, tomava remedios para controlar a dor pois não queria tomar anti-bióticos, mas não teve jeito, tive que tomar o anti-biótico
Então em dezembro, consegui outro ultrassom eu queria confirmar o sexo do bebê,marquei para dez de janeiro de dois mil e oito, estava muito anciosa...
Foi aí que veio a notícia...era uma menina, e tinha uma mal-formação no coração, e tambem o ultrassonografista não havia encontrado o rim esquerdo, fiquei arrasada... mas estava confiante, pensava sempre: que Deus agiria nem que fosse no último momento...
Foi aí que começou a minha correria, fui encaminhada para a UNICAMP , refiz todos os exames inclusive, colherm o cariótipo da bebê, que eu já chamava de Sophia

2 comentários:

KATCHIPWI disse...

Olá Klly, paz e bem! Encontrei por acaso o seu blog. Achei-o interessante. Parabéns. Deus te abençoe. Bjs

Aborto !! disse...

que legal